Pages Menu

Postado por em 25 jun 2014 em Água salgada, Destaque | 2 comentários

Dia de poucos peixes no cascalho de Bertioga

Dia de poucos peixes no cascalho de Bertioga

Salve amigos pescadores!

Mais um sábado (14/06), desta vez sem nenhuma pescaria “top” marcada e sem verba para as saídas de lancha, decidimos colocar o motor do meu barco amarelão para funcionar em Bertioga/SP.

Assim sendo as 7:30 da manhã estávamos Eu (Pleffer), Banzai e o companheiro Mauricio nas aǵuas de Bertioga rumo ao mar.

O dia amanheceu com muita neblina.

O dia amanheceu com muita neblina.

Como sabia que a maré ia correr mais de 1,4 metros no canal, decidimos pescar o dia todo no mar, pois com tanta variação de maré a pesca de canal é muito difícil.

E assim partimos rumo a Ilha dos Guarás, nossa primeira parada!

A ilha dos guarás.

A ilha dos guarás.

Por lá tudo muito fraco, até que a vara do Mauricio enverga para o primeiro do dia! Um espraguinha!

Mauricio foi o primeiro a tirar o dedo com um espadinha.

Mauricio foi o primeiro a tirar o dedo com um espadinha.

Num parcel perto dalí o Banzai tira o dedo com um pepino do mar no Jumping jig… heheh

Banzai tirando o dedo com um pepino do mar.

Banzai tirando o dedo com um pepino do mar.

E eu finalmente tiro o dedo com uma cocoroca 🙁

eu tirando o dedo com uma cocoroca

Eu tirando o dedo com uma cocoroca

Como a coisa estava feia, fomos direto pra Ilha do Arvoredo, lugar promissor no inverno!

a bela ilha do arvoredo.

A bela ilha do arvoredo.

Por lá os primeiros a dar as caras também não animavam…

Mauricio e uma cocoroca.

Mauricio e uma cocoroca.

Mauricio e um baiacu arara.

Mauricio e um Baiacu-Arara.

Então resolvi mandar o jig no meio das pedras e consegui umas ações… primeiro um Badejo-Mira!

Badejo mira no Jig.

Badejo mira no Jig.

E o Banzai com o mesmo esquema pegou uma garoupeta

Garoupeta.

Garoupeta.

E depois uma Donzelinha…

Donzelinha no Banzai Rig.

Donzelinha no Banzai Rig.

Como o arremesso costeiro estava rendendo mais enrroscos do que peixe, eu resolvi jigar no parcel e não é que peguei uma bela surpresa!! Um belo Robalo-Peva!

Um pevossauro no jig.

Um pevossauro no jig.

Depois do pevão insistimos no parcel por muito tempo com J-jig e Jig-head, mas só o que tivemos foi ação na isca natural de uma Caratinga.

Caratinga no camarão.

Caratinga no camarão.

Como não estava rendendo bem, partimos pra laje do pernambuco…

A bela laje do pernambuco

A bela laje do pernambuco

Mas por lá só pegamos bagres, o que nos levou a partir pro cascalho! E logo de chegada já vimos que a miudagem ia dificultar a pesca das corvinossauras.

micro-roncador do cascalho.

Micro-roncador do cascalho.

papa-terra no cascalho.

Papa-terra no cascalho.

Até que o Mauricio engata uma bela briga na carretilha alvey, o bicho empolgou a gente nos primeiros minutos, porém logo descobrimos se tratar de uma Arraia, depois de muita briga ela chegou perto do barco… onde tratamos de estourar a linha pra evitar acidentes! ainda tentamos uma foto dela, mas era muito grande e a foto ficou díficil! heheh

A Arrais num se rende!

A Arrais num se rende!

A saga no cascalho continuava e a “zica” do Banzai nesse dia Também… heheh

Banzai e o baaaagre serie ouro.

Banzai e o baaaagre serie ouro.

banzai e o micro roncador.

banzai e o micro roncador.

Até que em uma envergada mais forte eu peguei o meu troféu! Uma bela Corvinossaura do cascalho!! hehe

Corvinossaura de respeito.

Corvinossaura de respeito.

A pesca no cascalho seguia seu ritmo…

Papa terra.

Papa-terra.

Pescadinha no cascalho.

Pescadinha no cascalho.

Porém como se aproximava a hora da nossa partida, ainda quisemos passar pelo cardume de espragas para ter mais ação e diversão!! e elas nãos e fizeram de rogadas… rsrsrs

Nos 15 metros os espragas estavam largaaaados... hehe

Nos 15 metros os espragas estavam largaaaados… hehe

Espraaga!

Espraaga!

Espraga.

Espraga.

Depois de pegar umas 20 espadas em prazo de meia hora ja era 16:40 e nesse horário eu gosto muito de corricar sororoca!!

Tentando curricar sororocas no por do sol.

Tentando curricar sororocas no por do sol.

Seguimos curricando sororoca até as 17:20, depois eu quis entrar a barra pra evitar ter de entra-la no escuro…

da-lhe currico

da-lhe currico

Porém houve só uma boa batida na minha rapala que acabou escapando…
E assim foi mais um dia nas aǵuas de Bertioga e Guarujá…

o belo por do sol no perequê!

o belo por do sol no perequê!

Abração.
Pleffer.

  • Guilherme Vieira

    Bom dia, Amigos
    Mais um belo relato de pescaria…….parabens!!!!

    Mais nem sempre é o dia do pescador……rs
    Abraço….e mais uma vez parabens!!

  • Decio Serra Neto

    Parabéns Amigos, bela pescaria… e boa companhia …
    que bela corvinossaura… e pevossauro
    grande abraço