Pages Menu

Postado por em 30 out 2014 em Água doce, Destaque, Pescarias | 10 comentários

Igaratá – Corvinas, Tucunarés e rastro de Tilápias

Igaratá – Corvinas, Tucunarés e rastro de Tilápias

Olá amigos pescadores! Com a previsão de muito vento no final de semana passado e a maré correndo um bocado, resolvemos matar a saudade da Represa do Jaguarí (Igaratá) e tentar um pouco de tudo: Tucunarés, Corvinas e quem sabe as Tilápias que habitam a represa.

A represa baixou cerca 10m desde a nossa última visita.

A represa baixou cerca 10m desde a nossa última visita.

Chegamos por volta das 7:00 na Marina Águas Claras, propriedade do Dito, e alugamos um casco. Lá estavam muitos pescadores de tilápia, preparando suas embarcações. Ao que parece, está saindo muitas delas pela represa, e de bom tamanho. Optamos por fazer o que sabemos um pouco, procurar os Tucunarés, mesmo sem notícia deles por lá. Para evitar qualquer frustração, resolvemos comprar Lips para tentar Corvinas caso estivesse muito difícil o dia.

Num dos primeiros pontos que visitamos, o Pleffer achou um belo Tucunaré que brigou muito bem na isca de meia-água. Apesar de ficarmos felizes pela captura, percebemos que seria um dia difícil, pois foi 100% de eficácia, uma ação, um peixe. Ao longo das horas seguintes, passamos por muitas grotas, mas sem sequer uma ação. Resolvemos então buscar as Corvinas.

Pleffer confirmando sua experiência com os bocudos de Igaratá, encontrou esse belo exemplar numa grota.

Pleffer confirmando sua experiência com os bocudos de Igaratá, encontrou esse belo exemplar numa grota.

Passamos por vários poços e dropoffs chutando onde teria Corvina, em um dos pontos tivemos muitas iscas roubadas, mas nada de embarcar algum peixe.

Depois de muito navegar em busca dos bocudos, resolvemos parar e linguiçar em busca das Corvinas.

Depois de muito navegar em busca dos bocudos, resolvemos parar e linguiçar em busca das Corvinas.

Continuamos a procura das Corvinas, mas estava começando a pintar aquele sentimento de “ferrou, hoje o peixe não quer comer”.

Barranco demonstrando a marca do recente esvaziamento da represa.

Barranco demonstrando a marca do recente esvaziamento da represa.

Até que resolvi mudar a montagem, diminuí o anzol e coloquei 3 pernadas. Uma espécie de mini-pargueira, com iscas vivas e voilá.

Aleluia! Primeira Corvina depois de uns 20 anos sem pescá-las.

Aleluia! Primeira Corvina depois de uns 20 anos sem pescá-las.

Mesmo com bocas grandes, as Corvinas preferiam os anzóis menores. Depois de descoberta a montagem correta, foi um festival de capturas.

Pleffer também pegou a dele.

Pleffer também pegou a dele.

A primeira pescaria embarcada de minha vida foi no Rio Grande, e o peixe era justamente a Corvina. Muito legal achá-las aqui tão perto. De acordo insistíamos, o tamanho ia aumentando.

No meio de tantas, ainda achamos umas de bom tamanho.

No meio de tantas, ainda achamos umas de bom tamanho.

Quando as iscas estavam para acabar, resolvi testar a pescaria delas com o Jumping Jig. Usei um prateado e tive muitas ações, 3 delas resultando em fisgada, mas apenas uma eu consegui de fato embarcar (obviamente, a maior escapou 😛 )

Depois de 2 escapadas, finalmente embarquei uma no jig!

Depois de 2 escapadas, finalmente embarquei uma no jig!

Já chegando ao final do dia, tentamos bater alguns pontos de Tucunaré e eu irritei um bonzinho. Explodiu bonito na superfície e engatou no meu popper.

Minha vez de achar um Tucunaré, dessa vez no Popper da Yo-Zuri.

Minha vez de achar um Tucunaré, dessa vez no Popper da Yo-Zuri.

A represa ainda possui água, mas as marcas nos barrancos demonstra o quanto já baixou e se continuar assim, só teremos o riozinho e a mortandade dos peixes.

Nas proximidades da marina, a água baixa já começa a complicar a vida.

Nas proximidades da marina, a água baixa já começa a complicar a vida.

Próximo das 18:00, voltamos para a Marina e eu incansável, tentei arremessar uma ninfa para completar o Grand Slam rsrs.

Esperando o trator buscar nosso barco, resolvi arriscar uns arremessos com o meu equipamento de Fly.

Esperando o trator buscar nosso barco, resolvi arriscar uns arremessos com o meu equipamento de Fly.

Apesar de difícil, fiquei muito feliz por conseguir pegar um peixe no Jig, no Plug e no Fly no mesmo dia 😀

Achei que era uma tilápia, mas achei um filhote de Tucunaré com uma Ninfa by Greg.

Achei que era uma tilápia, mas achei um filhote de Tucunaré com uma Ninfa by Greg.

E foi assim a pescaria feita pertinho de São Paulo, vamos descobrindo e ganhando experiência, na próxima quero ir para pegar as tilápias de lá! Tanto no fly, quando na isca vida, parece ser uma pescaria muito divertida e técnica!

Agraços!
Banzai

  • Arturo Kleque Gomes Neto

    Show de bola, vcs são feras!!! Vai pescar e de fato pesca, não importa o tamanho! Vcs tentaram os jigs para tucunaré?
    Abs

    • http://www.fishingstories.jp/ Fishing Stories

      Opa! Tudo bem Arturo? Não tentamos, em geral tentamos mais as iscas de superfícia e meia-água por lá! Na próxima tentarei um pouco os jigs de penacho, todo mundo diz que é bem produtivo 😀

  • Decio Serra Neto

    Parabéns pela empreitada… Banzai e Pleffer… insistencia valeu a pena…. mesmo com menos peixe do que vcs esperavam deu para divertir bastante aposto e esquecer um pouco os problemas do cotidiano… grande abraço

    • http://www.fishingstories.jp/ Fishing Stories

      Valeu Décio! Com certeza, o local é bem sossegado. Gosto desse tipo de pescaria, mesmo em dias menos produtivos.

  • Ikeda

    Show Banzai, o importante é sempre insistir. Faltou só as titilapias mesmo, mas da próxima elas aparecem. Abraços

    • http://www.fishingstories.jp/ Fishing Stories

      Fala Ikeda! Nem me fale, preciso aprender a pescá-las contigo! Abraços!

      • Ikeda

        A gente aprende junto. Abraços

  • Roger Verdines

    Parabens,

    Tiveram ações, a insistencia premiou vcs.Apesar da baixa da represa tem se fisgado bons peixes.na proxima se tiver alguma colher prateada pequena com anti enrosco pode trazer, em dias difíceis tem saido uns bonitos nesta isca e tbm na fusion 60.Novamente parabens.

  • Rômulo Tonelatti

    Parabéns rapaziada, gostaria de ver uma matéria de vcs pescando blackbass na represa e uns Dourados no paraíba. Fica ai a sugestão!

  • Fernando Bokka

    Conseguiram uns peixes heim, pra tilápia usem spinners pequenos, micro plugs de meia agua e cigarrinhas, recolhimento bem mais lento que o convencional que elas entram, tem entrado umas bonitas lá……..

    parabéns ! abraço