Pages Menu

Postado por em 18 mar 2014 em Água salgada, Destaque | 1 comentário

Matando a saudade do Rio Guaratuba

Matando a saudade do Rio Guaratuba

Salve amigos pescadores!

Eu e o amigo Banzai havíamos planejado uma pescaria no Canal de Bertioga para domingo (16), mas como o companheiro Nagae foi no sábado e não acertou um bom dia, decidimos matar a saudade do Rio Guaratuba, pois esse ano ainda não havía-mos visitado o local.

Assim sendo as 7:00 da manhã partimos singrando o canal com o barco locado no porto da Aracy.

O belo rio Guaratuba

O belo rio Guaratuba

Poucos arremessos foram necessários com a Cultiva Mirabait para que o primeiro pevinha do dia viesse!

O primeiro pevinha do dia.

O primeiro pevinha do dia.

E pouco depois dele o segundo.

mais um pevinha na cultiva.

Mais um pevinha na cultiva.

O Banzai deu uma experimentada na vara custom de Banzai Rig e também pegou o seu primeiro do dia.

Banzai tirando do dedo no Banzai Rig.

Banzai tirando do dedo no Banzai Rig.

Nisso a maré parou de vez e seguimos até a barra para tentar os flexas de reponto, porém só apareceu um xerelete.

Um belo xerelete na cultiva.

Um belo xerelete na cultiva.

a promissora barra do rio guaratuba.

A promissora barra do rio Guaratuba.

De volta ao quente rio, resolvi fazer um brinde pra refrescar e comemorar as capturas.

Um brinde para comemorar.

Um brinde para comemorar.

Com a entrada da maré de enchente subimos o Rio pegando muitos Robalinhos.

E da-lhe robalinhos na cultiva.

E dá-lhe robalinhos na Cultiva.

pena que tão pequeninos.

Pena que tão pequeninos.

Mas estava divertido o número de ações.

Mas estava divertido o número de ações.

Banzai começando a pegar na mirabait.

Banzai começando a pegar na mirabait.

Da-lhe Banzai.

Dá-lhe Banzai.

meu robalo pegou uma isca...kkk

Meu robalo pegou uma isca…kkk

Os pevinhas estavam valentes.

Os pevinhas estavam valentes.

Era um atrás do outro.

Era um atrás do outro.

Seguiamos pegando na enchente da maré.

Seguimos pegando na enchente da maré.

tentávamos mudar de ponto pra achar os maiores.

Tentávamos mudar de ponto pra achar os maiores…

mas só vinham os menores.

…mas só vinham os filhotes.

Até que com a maré acima dos 1.4 metros, decidimos subir até a cabeceira para um lanche na sombra e para ver se achávamos os grandes.

Um belo lanche no rio da cabeceira.

Um belo lanche no rio da cabeceira.

Porém só os pequeninos estavam por lá também.

mas por lá tinha mais tricks.

mas por lá tinha mais tricks.

Os pequeninos e um atrevido Acará… rsrsr

E uma belo Acará... haha

E uma belo Acará… haha

Depois descemos novamente o Rio em busca de novos pontos promissores para os maiores, mas só achávamos os pequeninos.

de volta a uma bacia do mangue mais robalinhos.

de volta a uma bacia do mangue mais robalinhos.

O Banzai que adquiriu uma varinha ultra-light de molinete, e estava louco pra pegar o primeiro nela pois ja iria pra segunda pescaria sem ser estreada. Até que num arremesso preciso do camarão de borracha…

Banzai feliz por finalmente estrear a vara nova.

Banzai feliz por finalmente estrear a vara nova.

E assim seguímos até as 17 quando o calor do dia já havia nos destruído… rsrs

E assim entre 3 ou 4 arremessos um pevinha subia

E assim entre 3 ou 4 arremessos um pevinha subia

E decidimos dar por encerrada a aventura.

entardecer no guaratuba.

entardecer no guaratuba.

Abraços amigos!

Pleffer.

  • Marcos Castro

    Excelente Pescaria. Belas Fotos. Parabéns