Pages Menu

Postado por em 13 fev 2014 em Água salgada, Destaque, Fishing Stories | 6 comentários

Pescaria com iscas artificiais em Bertioga

Pescaria com iscas artificiais em Bertioga

Olá amigos pescadores!

Já estava tudo planejado para no sábado (08/02) fazermos uma pescaria desembarcada no costão da Barra do Una (Litoral Norte), explorando jigs, softs e claro, camarão morto. Aconteceu que na sexta-feira no final do dia, recebi uma ligação do guia Nê de Bertioga, dizendo que os robalos estavam muito ativos no plug, jumping jig e camarão de borracha. Logo comuniquei os demais companheiros, Banzai e meu primo Alan, comunicando a novidade. E aproveitando a vaga livre na agenda do Nê, mudamos o plano e descemos para Bertioga atrás desses ativos robalos.

Movimento de embarque nos barcos da Náutica Chinen

Movimento de embarque nos barcos da Náutica Chinen

Saímos de SP as 5am, fazendo o tradicional pit-stop no Guarujá para um café da manhã reforçado, e logo as 6:30 já estávamos na Chinen prontos para mais um dia que prometia ser muuito quente.

Amanhecer no Canal de Bertioga

Amanhecer no Canal de Bertioga

Chegando lá o Nê já nos aguardava no píer, e assim sem perder tempo aprontamos nossas tralhas e em questão de minutos já estávamos seguindo rumo ao primeiro point, próximo a Náutica.

Point que tem como característica algumas estruturas de pedras submersas

Point que tem como característica algumas estruturas de pedras submersas

Seguindo a dica do Nê, o segredo para o sucesso com a pescaria de plugs, era aproveitar o período da manhã no canal principal, que com o final da vazante e o movimento fraco das lanchas pelo canal, possibilitaram a nossa pescaria por lá.

Guia Nê da Náutica Chinen

Guia Nê da Náutica Chinen

O time do dia se empenhando nos trabalhos do plug

O time do dia se empenhando nos trabalhos do plug

Não demorou muito até que o robalo desse as caras, e para ajudar, em dose dupla ainda! Um belo doublê de pevas que eu e o Banzai capturamos.

Meu primeiro robalo do dia pego na isca Yo-Zuri 3D Minnow

Meu primeiro robalo do dia pego na isca Yo-Zuri 3D Minnow

Em seguida o primeiro robalo do Banzai na isca Smith Saruna

Em seguida o primeiro robalo do Banzai na isca Smith Saruna

Doublê de pevas fisgados no plug.

Doublê de pevas fisgados no plug.

Em seguida o Alan, que estava insistindo os trabalhos com a isca Inna da Marine Sports, fisgou o seu primeiro do dia também!

Alan e seu peva capturado na isca Inna

Alan e seu peva capturado na isca Inna

Mais um peva capturado, o dia prometia!

Mais um peva capturado, o dia prometia!

Mudando um pouco de point, o Nê nos levou para pinchar nas pilastras do posto flutuante, próximo a Marina Nacionais. E logo ao chegarmos ele já engata o seu primeiro do dia.

Nê fisgando um robalinho promissor.

Nê fisgando um robalinho promissor.

Nê e o seu primeiro robalo do dia.

Nê e o seu primeiro robalo do dia.

E nesse mesmo point ele acerta de novo, desta vez um pouco maior.

Mais um peva embarcado!

Mais um peva embarcado!

Seguimos pinchando no point do posto, onde ocasionalmente alguns acidentes com os arremessos aconteciam..

Alan desenroscando o plug no posto

Alan desenroscando o plug no posto

Em um arremesso entre o píer flutuante e a pilastra, acertei um bruto que acabou levando a melhor na briga… o que talvez seria o meu troféu do dia 🙁

Peixe maior que acabou escapando...

Peixe maior que acabou escapando…

Terminando a passada por quase toda margem da Naútica Chinen até a Marina Nacionais, o Nê resolveu nos levar até o Rio Itapanhaú para pinchar no point conhecido como Robalão.

Manguezais do Rio Itapanhaú

Manguezais do Rio Itapanhaú

Pouco tempo depois de iniciarmos os pinchos por lá, tivemos uma boa surpresa ao ver o grande amigo Pleffer em seu barco amarelão, levando a namorada para a primeira aventura de pescaria! O relato completo da saída do Pleffer, você encontra clicando aqui.

Na foto superior, Pleffer e sua namorada. Abaixo: Nê, Nagae, Banzai e Alan.

Na foto superior, Pleffer e sua namorada. Abaixo: Nê, Nagae, Banzai e Alan.

Aproveitamos para enroscar conferir a beleza dos manguezais de pertinho.

Alan desenroscando nossos plugs da pauleira

Alan desenroscando nossos plugs da pauleira

E enquanto resolvíamos um problema, o Nê seguia pinchando na beirada.

Robalos atacavam mesmo com o barco encostado na estrutura

Robalos atacavam mesmo com o barco encostado na estrutura

Acabou acertando um peva faminto que encharutou a isca

Acabou acertando um peva faminto que encharutou a isca

Peva na linha!

Peva na linha!

Banzai insistindo os trabalhos em sua Smith Saruna.

Banzai insistindo os trabalhos em sua Smith Saruna.

Mas apesar do point ser conhecido como Robalão, somente os tricks tomavam conta do local.

Mais um pevinha capturado

Mais um pevinha capturado

Resolvemos mais uma vez mudar de point, subindo um pouco mais o Rio Itapanhaú, chegando próximo a ponte Rio-Santos.

Mudança de point

Mudança de point

E logo ao chegarmos, fomos desenroscar as iscas conferir as belas raízes do mangue.

Desenroscando plugs Parte 3

Desenroscando plugs Parte 3

Depois de acertarmos os arremessos e os trabalhos das iscas, as ações foram contínuas!

Pevinha

Pevinha

Doublê (Nagae e Banzai)

Doublê (Nagae e Banzai)

Triblê (Alan, Banzai e Nagae)

Triblê (Alan, Banzai e Nagae)

Só os tricks estavam de novo no local

Depois de fazermos a festa no point com os plugs de superfície e meia água, chegou a hora de insistirmos no fundo, com os jumping jigs e camarões de borracha. Foi então que o Nê nos levou no poção da Marina do Zico, local onde durante a semana apareceram vários pevas e flechinhas.

Era só descer o jig que algo já grudava, senão era uma Oveva, eram os pevinhas ou ainda os tão aguardados BAGRES.

Triblê de Robagres

Triblê de Robagres

Neste dia estávamos testando alguns pré-lançamentos da NS, como o Jumping Jig PAC 14 gramas, versão menor e mais leve do PAC24.

Peva fisgado com o Jumping Jig PAC 14 gramas da NS

Peva fisgado com o Jumping Jig PAC 14 gramas da NS

Detalhe do Pac no robalo.

Detalhe do Pac no robalo.

O Banzai seguia insistindo no Jumping Jig Hana 10 gramas da NS, em sua versão também mais leve e menor.

Flechinha capturado pelo Banzai no Hana da NS.

Flechinha capturado pelo Banzai no Hana da NS.

Já o Alan, seguia trabalhando o Jumping Jig Dunn 14 gramas da NS, também em sua versão mini e cor prateada.

Peva capturado pelo Alan no Dunn 10 gramas da NS.

Peva capturado pelo Alan no Dunn 10 gramas da NS.

Mas nesse dia não eram somente os robalos que estavam ativos, os peixes de couro estavam a todo vapor também no jumping jig.

Doublê chique de bagres brancos no Jumping Jig.

Doublê chique de bagres brancos no Jumping Jig.

E foi entre bagres e robalos que finalizamos a nossa pescaria por volta das 15hrs do sábado.

Um dia com muita atividade dos peixes nas artificiais, tanto na superfície, meia-água e fundo, mais de 50 peixes capturados, mais de 3 litros de líquido por pescador, uma média de temperatura a 35 graus e a mente e tranquilidade zeradas 100%! Como é bom pescar!

 

Equipamentos utilizados

Nagae // Pincho

  • Vara: Major Craft GoEmotion 6’3″ 16lbs
  • Carretilha: Daiwa Zillion Coastal
  • Linha: Multi 17lbs

Nagae // Jigging

  • Vara: Jigging Light 17lbs 5’8″ – Waka Custom Rods
  • Carretilha: Shimano Chronarch 201E7
  • Linha: Multi 17lbs

Alan // Pincho

  • Vara: Response 6’6″ 14lbs – Quantum
  • Molinete: Pflueger President 2000
  • Linha: Multi 14lbs

Alan // Jigging

  • Vara: Sumax Spectra 5’8″ 15lbs
  • Molinete: Shimano Sedona 500FD
  • Linha: Multi 14lbs

Banzai // Pincho

  • Vara: Daiwa TDT 14lb 5’6″
  • Carretilha: Shimano Bass One
  • Multi: 10lb

Nagae // Jig e Softbait

  • Vara: Matts 17lb 6’0″ torqued
  • Carretilha: Daiwa Team Advantage 135
  • Multi: 15lb

Iscas utilizadas:

  • Yo-Zuri 3D Minnow
  • Smith Saruna
  • Inna Marine Sports
  • Jumping Jig Pac 14gramas da NS – cor: pata de caranguejo
  • Jumping Jig Hana 10 gramas da NS – cor: glow holográfico
  • Jumping Jig Dunn 10 gramas da NS – cor: prateado
  • Camarão artificial EBI da NS – cor: chá com glitter

E foi isso aí pescadores!

Abraço e boas pescarias!

André Nagae.

  • Decio Serra Neto

    Parabéns pela empreitada Nagae , Banzai, Alan e Nê… estive domingo em bertioga no costão do Itaguá mas não deu nada por lá…

  • Lincoln Donizete Gabriela Merc

    Sem comentários, leva eu na próxima kkkk… Quando crescer quero ser iguala a estes caras. =)

  • Marcelo Lanzara

    Arrebentaram, ação direto não tem preço!!!

  • José Souto

    Pescaria fantástica rapaziada parabéns vcs são feras !

  • Decio Serra Neto

    Banzai com o seu outfit é o verdadeiro ninja do mangue

  • marcelo silvestre

    Show de bola essa pescaria rapaziada, parabéns…