Pages Menu

Postado por em 16 jun 2014 em Água salgada, Destaque, Fishing Stories | 2 comentários

Pescaria costeira em Ilhabela, salvos pelas Gotchas

Pescaria costeira em Ilhabela, salvos pelas Gotchas

Salve amigos pescadores!

Domingo dia 01/06/2014 eu e os companheiros Matheus, Ricardo e Marcão decidimos começar o mês com pé direito! E a convite do amigo Bruno Caires seguimos as 2:00 da matina pra Ilhabela, mais precisamente pra uma marina na região da praia das Cigarras em São Sebastião.

Embarcamos as 5:30 da manhã, noite ainda! E como o vento norte estava castigando, rumamos pra ponta sul em busca de abrigo e umas anchovas! Logo ao entrar na lancha reparei no quão espaçosa e estável ela era, muito espaçosa mesmo pra uma 25 pés! Foi quando vi essa placa:

O Belíssimo casco da Real pro Fishing 25! um dos melhores que naveguei!

O Belíssimo casco da Real pro Fishing 25! um dos melhores que naveguei!

Real é real meus amigos, aí eu entendi o porque de tanta qualidade! Conforme chegamos na região da Ponta da Sela o dia foi clareando, tentamos um currico de sororoca por alí mas não tivemos ação.

o dia amanhecendo no mar!

o dia amanhecendo no mar!

Já bem perto do Sepituba decidimos começar a pinchar com as gotchas!

os primeiros pinchos!

Os primeiros pinchos!

No segundo arremesso do dia veio uma corrida espetacular, eu com medo de acabar a linha taquei o dedão no carretel… mas além de uma bolha na mão não consegui muita coisa, o peixe se soltou da gotcha. (as gotchas com anzol atrás ao invés de garatéia enroscam menos, porém tivemos diversas fugas nessas pescaria, mais de 10, será que é normal ?)

O peixe levou minhas digitais, mas não deu as caras...

O peixe levou minhas digitais, mas não deu as caras…

E assim depois de insistir no ponto sem nenhuma nova ação, seguimos rumo a ponta do boi atravessando a baía do Bonete!

Ilhabela sempre bela, próximo a praia do bonete.

Ilhabela sempre bela, próximo a praia do bonete.

o dia prometia!

O dia prometia!

Um ponta antes do boi, voltamos aos pinchos… O vento continuava forte de norte e os outros pontos já seriam todos fora do abrigo da própria Ilhabela.

Alguns arremessos no costão.

Alguns arremessos no costão.

Por ali alguns peixes começaram a aparecer…

Ricardo tirando do dedo com um jaguareça!

Ricardo tirando do dedo com um Jaguareçá!

Seguindo a dica do Bruno Caires eu resolvi colocar um sapinho de 24 gramas da NS e foi bingo!! Logo no segundo arremesso um bom peixe!

No sapinho veio um belo sargo.

No sapinho veio um belo Sargo-de-beiço.

Segui com o sapinho e  pegando peixes…

opa achamos o galinheiro.

Opa achamos o galinheiro, um belo Peixe-Galo.

Da-lhe galos...

Da-lhe Galos

Foi quando nos aproximamos de uma região de muita anchova, aí todos tentaram os plugs porém sem sucesso… Depois do Farol do boi um super vento inviábilizava a pesca, até tentamos porém sem sucesso!

O belo Farol do boi, pena o vento forte.

O belo Farol do boi, pena o vento forte.

Nessa hora vimos os barcos do Santa Clara e outros que tentaram o cascalho voltando e não havia muito o que fazer, então ficamos no abrigo insistindo (Eu aproveitei pra tomar uma, fazer um lanche, tirar um cochilo)… foi nessa hora que o Matheus pegou algumas coisas numa Gotcha especial dele…

Matheus e uma garoupeta.

Matheus e uma garoupeta.

Eita gotcha matadeira essa do matheus.

Eita gotcha matadeira essa do Matheus.

Quebramos o galinheiro!

Quebramos o galinheiro!

Só que as ações estavam bem raras… e o vento continuava castigando…

O vento castigava lugares promissores como a pirabura...

O vento castigava lugares promissores como a pirabura…

Depois das 13:00 o vento deu uma maneirada e com certa dificuldade conseguimos salvar a fritada no cascalho do boi! eh nessas horas que estar de lancha faz a diferença amigos… a pesca com traineiras eh bem mais barata na região, porém nesse dia eles voltaram dedão! Com a pargueira a alegria foi garantida!

pargões do cascalho.

Pargões do cascalho.

Eita peixe que eu gosto de pegar!

Eita peixe que eu gosto de pegar!

De dois eh melhor ainda... heheh

De dois eh melhor ainda… heheh

E assim todos se divertiram.

E assim todos se divertiram.

Paaargo.

Paaargo.

O saldo da tarde foram 87 pargos, 2 pescadas de cascalho e 5 castanholas em pouco mais de 3 horas de pesca! Ah e tivemos uma surpresa também… o belo bacalhau brasileiro ou abrotéa na linha do marcão!

Um Abrotéa ou bacalahau brasileiro pra inovar...

Um Abrotéa ou bacalahau brasileiro pra inovar…

E assim a contra-gosto pois agora o vento tinha melhorado, tivemos de retornar pra marina pois ja ia cair a noite novamente.

ja com a noite caindo retornamos pra São Sebá!

Já com a noite caindo retornamos pra São Sebá!

Abração amigos. Pleffer.

  • Marcos Castro

    Valew Pessoal. Bela pescaria.

  • Robson Gobate Pessoa

    Show de pescaria, Tô louco pra montar umas pargueiras, providênciei umas missangas tipo lumo glow e uns anzóis tipo circle hook. Acho que vou conseguir montar algumas.
    Me diz uma coisa Pleffer, estes Pargos que vocês capturaram estavam a que profundidade mais ou menos? Fundo é cascalho né?!
    Será que o André ou até mesmo você não poderiam preparar um post sobre esta pesca com pargueiras? Tenho muito interesse em fazê-la, porém não tenho conhecimento de causa, só o que leio na net.
    Abraços e até mais.