Pages Menu

Postado por em 7 maio 2014 em Água salgada, Destaque, Pescarias | 6 comentários

Pescaria nos Rios de Cananeia

Pescaria nos Rios de Cananeia

Olá amigos pescadores! No episódio de hoje das Aventuras das Férias do Banzai (eu), apresento um dos meus favoritos destinos de pesca de SP, Cananeia.

O planejamento

Aproveitei meu merecido descanso do trabalho e agendei 2 dias de pescaria com o famoso guia Nonô Faria. Como já sabia que ele é um profundo conhecedor da região, deixei ao seu cargo a reserva da pousada e escolha dos pontos de pesca, que seriam dedicados exclusivamente a pesca com iscas-artificiais.

A viagem

Partindo da região central de São Paulo, Cananeia fica a cerca de 250km de distância, que levam em média (considerando alguma parada para um café) 4 horas de viagem. Alguns trechos, como a Serra do Cafezal, podem apresentar lentidão. Nesse caso, a alternativa é ir até Peruíbe e de lá partir em direção a Miracatu, assim desviando do pior trecho. Depois basta seguir até o km 464 da Régis Bittencourt, pegar a entrada para Pariquera-Açu e de lá partir rumo a Porto Cubatão, uma simpática vila que abriga algumas pousadas e marinas.

Traçado para chegar em Cananeia.

Traçado para chegar em Cananeia.

Bora pescar!

Parti cedo no dia 31/03 e ao chegar em Porto Cubatão, me instalei na Pousada em que eu ficaria: Pousada Maresias. Trata-se de uma marina com estrutura para dormir, uma ótima pedida! Deixei minhas coisas no quarto e já montei o barco com o Nonô.

Nonô no caminho da rampa.

Nonô no caminho da rampa.

Navegamos por alguns minutos até o primeiro ponto, onde o guia já havia pego alguns peixes durante a semana. Não demorou muito e o dedo foi oficialmente tirado por um pequeno Robalo!

Tirada de dedo já com isca de superfície.

Tirada de dedo já com isca de superfície.

O dia era dos plugs de superfície, era possível ver muitos peixes atacando e então, inspirado pela última pescaria, me apliquei a usar a Red Pepper Baby, com muito sucesso.

Os pequenos não resistiam ao trabalho da Red Pepper Baby.

Os pequenos não resistiam ao trabalho da Red Pepper Baby.

A partir daí, desisti de arremessar outras iscas, meu dia seria para aprender a pegar Robalos apenas com aquela isca.

Aos poucos o tamanho foi aumentando.

Aos poucos o tamanho foi aumentando.

E meu sucesso era evidente, os bocudos estavam convencidos a atacar aquela isca. Resolvi então testar um outro plug, o plug da OCL (Ortega Custom Lures), o Stick Spitfire.

Aproveitei para testar o Stick OCL Lure.

Aproveitei para testar o Stick OCL Lure.

A partir daí, voltei com a Red Pepper e passei a mirar os grandes, tentando encontrar o melhor trabalho para eles.

Muita ação, dia perfeito para treinar trabalho de iscas, saber o que os peixes maiores preferem.

Muita ação, dia perfeito para treinar trabalho de iscas, saber o que os peixes maiores preferem.

Dia perfeito, muitas ações nos plugs! Meu melhor presente de aniversário, uma ótima pescaria!

Dediquei minhas férias a conhecer melhor a pesca com plugs.

Dediquei minhas férias a conhecer melhor a pesca com plugs.

O Nonô seguia me instruindo e passando todo seu vasto conhecimento na pesca de Robalos, enquanto eu usava equipamento de pincho, ele usava um conjunto #6 de Fly e tinha tanto sucesso quanto eu nas ações, em alguns casos, o fly superava as ações do pincho!

E felizmente acertei alguns peixes.

E felizmente acertei alguns peixes.

Numa região ampla como a de Cananeia, a contratação de um bom guia é praticamente obrigatória para o sucesso da pescaria.

Nonô me colocou na cara dos peixes em praticamente todos os pontos da maré.

A pescaria seguia divertida!

Peixe para tudo que é lado!

Peixe para tudo que é lado!

O estuário de Cananeia possui um ecossistema bem complexo, é comum a visualização de botos próximos ao barco, além de boas surpresas na pescaria.

Até uma pequena Sororoca deu as caras, Cananeia reserva muitas surpresas para os pescadores.

Até uma pequena Sororoca deu as caras, Cananeia reserva muitas surpresas para os pescadores.

Até que arremessando numa estrutura de mangue, uma explosão de fazer o coração sair pela boca. A isca de superfície sumiu no meio da onda provocada, só consegui falar “-Nonô, é peixe bom!!!” e em seguida fiquei mudo na briga com o peixe (quem já pescou comigo sabe que fico em silêncio na briga). O bocudo fez aquele furdúncio, correu, saltou e confundiu tanto eu quanto o guia, achamos que era um Flechão, mas quando apareceu, era um Pevão ousado! Para fechar com chave de ouro o primeiro dia de pesca.

Troféu! Belo Peva que atacou a Red Pepper e brigou diferente, saltando muito e com ótimas corridas.

Troféu! Belo Peva que atacou a Red Pepper e brigou diferente, saltando muito e com ótimas corridas.

Voltei para a Pousada e bati aquela janta que todo pescador sonha.

Jantar dos campeões!

Jantar dos campeões!

No dia seguinte, o padrão foi o mesmo. Muitas capturas!

A brincadeira continuou no dia seguinte.

A brincadeira continuou no dia seguinte.

Alguns Pevas maiores deram as caras.

Pevas bonitos na região.

Pevas bonitos na região.

Já quando as ações diminuiram nos plugs, passei a usar meu novo conjunto para pesca com softbaits, dessa vez com molinete.

Aproveitei para o conjunto para Softbaits que montei com molinete.

Aproveitei para o conjunto para Softbaits que montei com molinete.

Guia Nonô Faria

Ótimo guia da região, faz pescarias de todos os tipos, incluindo fly fishing. Seu contato: (13)99157-3663.

Equipamento utilizado – Pincho
Vara 14lb 5’7″
Carretilha com multi 15lb
Leader de fluorcarbon 20lb

Equipamento utilizado – Soft
Vara 10lb 6’6″
Molinete com multi 12lb
Leader de fluorcarbon 20lb

Iscas utilizadas
Tiemco – Red Pepper Baby
OCL – Spitfire
Cultiva – Mira Bait Floating
Bomber – 13
Smith – Saruna 95f
Diversos camarões soft

  • Lincoln Donizete Gabriela Merc

    Show….

  • Decio Serra Neto

    Parabéns pela aventura Banzai, com muitas ações eta férias ajeitada grande abraço

  • alexandre

    Banzai quanto sai uma pescaria dessas?

    • Olá Alexandre! A pescaria depende, nesse caso eu levei motor e motor elétrico, combustível. Sendo assim, o preço do guia + casco do barco, deu cerca de R$200 por dia. Somando com 30 litros de Gasolina por dia. O preço do barco completo + guia, costuma ser algo em torno de R$400. Abraços!!!

  • Carlos Tanikawa

    Parabéns!!!! Belas fotos !!!!