Pages Menu

Postado por em 4 maio 2013 em Água salgada, Destaque, Fishing Stories, Points | 1 comentário

Pevas no canal de Bertioga

Pevas no canal de Bertioga

Bom dia amigos pescadores!

04 de maior de 2013.

Após uma ligação do Nê avisando que o canal de Bertioga estava saindo muito muito Robalo, decidi de última hora fazer a última pescaria das minhas férias.

O experiente e atencioso guia Nê, da Náutica Chinen.

O experiente e atencioso guia Nê, da Náutica Chinen.

As informações eram que os pevas estavam comendo a toda e muito ativos no camarão vivo. De acordo com a pescaria do dia anterior, o ponto promissor era no trecho entre o famoso Coqueiro Alto até a Marina do Zico (local muito famoso na região por alugar barquinhos para pescar poitado, assim como no Chinen).

Point de rodada que fica na frente da Náutica do Zico

Point de rodada que fica na frente da Marina do Zico

A famosa mureta do coqueiro alto, ao lado de onde passa a rodovia Bertioga-Guarujá

A famosa mureta do coqueiro alto, ao lado de onde passa a rodovia Bertioga-Guarujá

Como meu pai teve um compromisso no sábado, meu companheiro de pesca foi o grande amigo Akira-san, que já pescou muito robalo bom antigamente na região.

Akira se preparando para a robalada

Akira se preparando para a robalada

Era o 3 dia da lua Minguante,e segundo o Nê, o último dia de lua boa para se pescar. Depois disso a água já estaria correndo demais e com isso fazendo com que os sedimentos do fundo levantassem e deixassem a água turva e suja. Como a maré iria subir a partir das 07:00am até as 13:00, não perdemos tempo e já partimos rumo aos points para começar a pescaria!

Os espadeiros de plantão se juntaram no poção da Náutica Chinen. Os dias estavam muito bons para os espadas também.

Os espadeiros de plantão se juntaram no poção da Náutica Chinen. Os dias estavam muito bons para os espadas também.

Chegando ao point, o guia Marcio já marcava presença por lá.

Guia Marcio pescando com os clientes

Guia Marcio pescando com os clientes

E foi logo no primeiro camarão-vivo que o Akira-san abre a contagem com um belo peva!

Akira abrindo o placar com um belo peva

Akira abrindo o placar com um belo peva

Em seguida um trickzinho bate na robaleira do Nê também.

Trickzinho pego pelo Nê

Trickzinho pego pelo Nê

Enquanto isso eu continuava dedão… E até o Marcio que estava no barco da frente, já tinha pego 2 pevas bonitos de medida!

Marcio e os pevas capturados

Marcio e os pevas capturados

E foi numa afundada da vara, que um bom peixe correu lá pro fundo.

Minha primeira captura do dia!

Minha primeira captura do dia!

E pensando que era até um flechinha pela boa briga fiquei esperançoso demais, pois na verdade era uma bela curvininha a responsável pelas corridas.

Corvina pega no camarão-vivo

Corvina pega no camarão-vivo

Primeiro peixe do dia, uma bela roncadora.

Primeiro peixe do dia, uma bela roncadora.

A boa briga da corvina já serviu de inspiração e deu aquela animada pra pegar mais peixe!

E até que abri a minha contagem dos pevas também, mas este, um trickzinho.

Trickzinho pego na robaleira

Trickzinho pego na robaleira

Em seguida o tamanho já melhorou!

Um peva mais bonito pego também no camarão-vivo

Um peva mais bonito pego também no camarão-vivo

Realmente os robalos estavam muito ativos no camarão-vivo, era só descer o camarão que em seguida vinha aquela puxada típica do robalo.

Robalo Peva

Robalo Peva

Eram 12am e os nossos 150 camarões comprados com o Nilson já estavam escassos. O jeito para garantir a pescaria foi comprar mais 100 unidades, já que o peixe estava tão ativo assim! Por sorte o Nilson estava pescando camarão ali perto, então conseguimos garantir isca pra mais algumas horinhas de pesca.

Camarão selecionado a dedo e…

Bonito robalo peva que entrou no camarão-vivo escolhido a dedo!

Bonito robalo peva que entrou no camarão-vivo escolhido a dedo!

De vez em quando aparecia um ladrãozinho de isca, assim como essa oveva.

Oveva ladrazinha de iscas

Oveva ladrazinha de iscas

Por volta das 13pm os peixes ficaram menos ativos, e foi o momento daquela famosa pausa dos peixes, até que aproveitamos a “folga” para almoçar.

E o almoço do dia era o delicioso bentô preparado pelo Akira!

Apresuntado a milanesa e Omelete

Apresuntado a milanesa e Omelete

Bolinho de arroz, mais conhecido na cultura japonesa como "Onigiri"

Bolinho de arroz, mais conhecido na cultura japonesa como "Onigiri"

Depois de estar com a pança cheia e reabastecidos de muito líquido, a temperatura média era de 30º, haja água, resolvemos voltar as atividades. E com a escassez do camarão no viveiro, resolvi investir mais tempo no Jumping Jig.

Após vários arremessos um peixe bom de briga ataca o jig TERA da NS na descida, que aliás tem se demonstrado infalível nas pescarias em canal.

Mas o bichão não era um baita robalo, e sim um baita baiacu arara. Achei o tamanho dele grande por estar no canal, mas ta aí! Rendeu uma ótima briga!

O jig TERA da NS se demonstrando efetivo até para os Baiacú Arara, no canal de Bertioga.

O jig TERA da NS se demonstrando efetivo até para os Baiacú Arara, no canal de Bertioga.

Em seguida a coisa já havia melhorado um pouco, e quem resolveu atacar o jig foi um pevinha.

Pevinha pego no TERA da NS

Pevinha pego no TERA da NS

E era só descer o jig na água e trabalhar rapidinho que logo um Peva grudava na isca.

Robalos Peva muito ativos também no Jumping JIg

Robalos Peva muito ativos também no Jumping JIg

Também resolveu dar as caras uma betara.

O TERA surpreendendo e mostrando variedade nas capturas

O TERA surpreendendo e mostrando variedade nas capturas

E logo após um outro baiaca resolve atacar o jig, mas este um pouco menor.

Baiacú arara pego no jumping jig da NS

Baiacú arara pego no jumping jig da NS

E foi já quase no final da pescaria que em uma pegada mais forte na robaleira me rende um bonito Peva! Pra fechar com chave de ouro!

Robalo Peva pego na robaleira

Robalo Peva pego na robaleira

Não era nenhum bitelão, mas foi o troféuzinho do dia!

Não era nenhum bitelão, mas foi o troféuzinho do dia!

E foi assim amigos pescadores, que encerrou mais um produtivo dia de pescaria no canal de Bertioga.

A quantidade de peixes que estavam por lá era absurdamente grande, tanto é que haviam mais de 30 barcos robaleiros espalhados nesse corredor do Rio Itapanhaú, todos capturando muitos peixes.

E diferente da minha última pescaria feita no canal de Bertioga, os robalos já estavam de bom tamanho. Fica aqui a minha esperança de que tenham sido os trickzinhos que liberei na pescaria anterior. Não sou nenhum ambientalista nem ecoChato, mas acho que é certo respeitarmos as medidas de embarque deste peixe tão belo que é o Robalo. Com certeza se liberarmos os pequenos, um dia vamos lá no mesmo local colher os frutos do bitelo e com uma briga de gente grande com aquele tão sonhado Robalão!

 

Vou ficando por aqui com uma imagem do belo entardecer no canal de Bertioga.

Fim de pescaria no canal de Bertioga

Fim de pescaria no canal de Bertioga

Um abraço e boas pescarias,

André Nagae.

  • PAULOSERGIOSPAGIARI

    BOA PESCARIA , PARABÉNS