Pages Menu

Postado por em 29 abr 2016 em Água salgada, Destaque | 2 comentários

Robalos de outono em Bertioga / SP

Robalos de outono em Bertioga / SP

Bom dia amigos pescadores!

No dia 22/04/2016, emenda de feriado de Tiradentes, eu e meu pai descemos para Bertioga para mais uma pescaria com o amigo e guia Nê.

Diferente do ano passado, o início de outono neste ano se destacou devido ao enorme calor que parece ter se prolongado desde o verão. Para terem uma ideia, neste dia, os termômetros chegaram a marcar 32º para a temperatura do ar e 30º na água. Portanto abastecemos fortemente nosso estoque de água e partimos para pescar!

7am no píer da marina Calina

7am no píer da marina Calina

Embarcar!

Time do dia: Eu, meu pai e guia Nê

Time do dia: Eu, meu pai e guia Nê

A maré que escolhemos para pescar não era das melhores para ficar no canal, era o segundo dia da lua cheia com uma variação de 0.2m até 1.5m, o que faz com que a correnteza fique muito forte. O ideal seria explorar a costeira, porém com a frente fria se aproximando o mar já apresentava os sinais de ressaca e por segurança ficamos pescando em local abrigado.

Começamos o dia fazendo rodadas no canal principal, mais precisamente no ponto conhecido como Tapioca. Por lá achamos um cardume de pevinhas que deu para matar a saudade da pescaria de robalos.

Primeiro peixe do dia fisgado pelo Nê no camarão artificial

Primeiro peixe do dia fisgado pelo Nê no camarão artificial

Os peixes apareceram aos poucos.

Meu primeiro peixe, fisgado no camarão vivo e robaleira

Meu primeiro peixe, fisgado no camarão vivo e robaleira

Eu estava insistindo muito no jumping jig e camarão com jighead, porém sem nenhuma ação. Já o guia Nê que estava utilizando o sistema Banzai-Rig (softbait com chumbo solto) estava conseguindo capturar os robalos utilizando camarões de cor chá com glitter vermelho da NS.

Logo fiz uma adaptação e comecei a usar o sistema 2bait, que consiste em um girador triplo com uma pernada pra baixo com o jumping jig e na pernada de cima o camarão solto apenas com o anzol. Utilizando um camarão na cor roxa, consegui capturar alguns pevinhas.

Robalo fisgado no sistema 2bait

Robalo fisgado no sistema 2bait

Variando as montagens, sempre bom verificar com os pescadores.

Pevinha no 2bait com camarão roxo

Pevinha no 2bait com camarão roxo

Mais um pevinha, eles só atacavam o camarão!

Mais um pevinha, eles só atacavam o camarão!

Tricks, porém muito gostosos de fisgar

Tricks, porém muito gostosos de fisgar

Quando a maré ganhou força, por volta das 10am, a pescaria se tornou mais complicada. A força da maré era tanta que deixava a água muito turva com toda propensão e para “ajudar” milhões de lanchas e jetskis passavam pelo canal, sendo muitas delas em alta velocidade. Subimos o canal principal até a bóia verde, batemos pontos famosos como Cabuçu, coqueiro alto, Chinen, rio da fazenda e por último a rodada na balsa. Porém a quantidade de lanchas inviabilizava a nossa pescaria por lá.

O jeito foi aguardar o reponto da maré e almoçar!

Bentô feito pela minha mãe!

Bentô feito pela minha mãe!

No reponto da maré um gigantesco cardume de carapaus cercavam nosso barco, então aproveitei para testar um Micro jumping jig que comprei no Japão.

Micro Jig "Soare A-JIG" 5 gramas da Shimano

Micro Jig “Soare A-JIG” 5 gramas da Shimano

E deu certo!

Carapau no micro jigging

Carapau no micro jigging

Utilizando uma vara de 8lbs e linha multi de 15lbs a brincadeira ficou gostosa

Utilizando uma vara de 8lbs e linha multi de 15lbs a brincadeira ficou gostosa

Meu pai utilizando camarão chá vermelho no sistema de chumbo solto capturou ainda 2 pevinhas.

Pevinha no Banzai-Rig

Pevinha no Banzai-Rig

Sempre bom fisgar os bocudos na artificial!

Sempre bom fisgar os bocudos na artificial!

Enquanto eu e meu pai nos divertíamos com os pequenos peixes, o guia Nê que não estava para brincadeira tratou de engatar um bom peixe na robaleira com camarão vivo. E para a surpresa de todos um LINDO robalo-flecha.

Momento decisivo de embarque!

Momento decisivo de embarque!

Um lindo peixe!

Um lindo peixe!

Detalhe da forte sucção do Flecha que fez com que o anzol fosse parar no fundo da garganta.

Detalhe da forte sucção do Flecha que fez com que o anzol fosse parar no fundo da garganta.

Parabéns Nê! Belo peixe!

Parabéns Nê! Belo peixe!

E assim terminamos nossa jornada em Bertioga!
Acredito que essa tenha sido uma das últimas pescarias com as altas temperaturas de verão neste outono. Hora de dar o até logo aos flechas e dar as boas vindas aos pevões de inverno.

Abraços e boas pescarias.
André Nagae

  • Gileade Correa

    show, lindo robalo…. Parabéns a todos

  • Alexandre

    Andre, estou indo para uma embarcada (traineira), e enquanto fico linguiçando com uma vara queria testar esse sistema de “2bait”. Voce poderia me dizer qual é o tamanho de ambas as pernadas? (do JJ e do camarão) ?