Pages Menu

Postado por em 7 mar 2017 em Desembarcada, Destaque, Fishing Stories | 5 comentários

Robalos urbanos de Paraty / RJ

Robalos urbanos de Paraty / RJ

Salve amigos! Hoje trago um relato sobre as capturas em uma viagem que fiz com a namorada em que não estávamos embarcados. Vou tentar passar meu ponto de vista e explicar o que me levou a pinchar nos pontos em que tive ação e tentar decifrar com a ajuda de vocês o porque não tive ação em outros pontos.

Estávamos em um final de semana mais romântico, optei por descer a serra de cunha que vai direto a Paraty

Famosa Estrada Real que liga as cidade de Cunha-Paraty, originou se com o transporte de ouro pelos escravos que desciam a Serra da Mata Atlantica e abasteciam as caravelas portuguesas com as riquezas do Brasil

Famosa Estrada Real que liga as cidade de Cunha-Paraty, originou se com o transporte de ouro pelos escravos que desciam a Serra da Mata Atlântica e abasteciam as caravelas portuguesas com as riquezas do Brasil. Por muito tempo ainda era de terra e pedras mantendo as origens mas a partir de 2016 foi pavimentada com esses bloquetes.

Então decidimos ficar em uma pousada com vista para o mar

Porto de escunas de Paraty vista de uma janela da Pousada Do Cais

Porto de escunas de Paraty vista de uma janela da Pousada Do Cais

Porem estávamos no terceiro dia da lua nova, a minha preferida, meus ânimos não estavam lá essas coisas por conta de uma ressaca de um ciclone tropical que raspava a costa sudeste.

14581315_1273924132672529_7005298998850907171_n

Centro histórico de Paraty durante o reponto de mare Cheia. Agua do mar invadindo as ruas da cidade

15349652_1316603688404573_750474100833997712_n

Em cada detalhe da cidade é possível sentir o seu valor histórico. Tal como essas pedras portuguesas que serviram de lastro na construção das embarcações, que as largaram no Brasil servindo de pavimento na cidade e partindo rumo a Portugal carregados com ouro em seu lugar. conversando com alguns moradores existem relatos de roubo dessas pedras na cidade pelo seu valor. Sabendo disso realmente elas valem ouro

Mas mesmo assim não deixei escapar os momentos de pós início de vazante. Dei uma conferida na tábua e umas três horas depois de começar a vazar já havia programado uma caminhada no centro da cidade, e claro… segurei a mão da minha namorada e na outra mão, vara Flemming Apache 14 lbs, carretilha Shimano Curado 71hg, linha Smackdown Seaguar 20 lbs, Fluorcarbon Nitlon DFC 25 lbs, Magic Stick 70 cinza, e bem na hora lá estávamos caminhando despretensiosamente as margens do canal que corta a área urbana da cidade.

Confesso que estava imaginando a água um pouco escura, daquelas com bastante material orgânico de mangue, mas me deparei com ela ainda bem clara do mar.

Agua do canal central de Paraty ainda salgada e um pouco turva, mesmo no meio da vazante

Água do canal central de Paraty ainda salgada e um pouco turva, mesmo no meio da vazante

exemplo do que eu chamo de agua do mangue, que me parece bem cheia de nutrientes e vida organica

Exemplo do que eu chamo de água do mangue, que me parece bem cheia de nutrientes e vida orgânica.

Mesmo assim resolvi dar uns arremessos, como de costume em áreas  protegidas da correnteza pelos galhos e troncos caídos no rio.

Apóos alguns ataques preguiçosos na Magic Stick na superfície e sem sucesso resolvi afundar um pouco a isca com uma isca customizada, a Will F do meu amigo Willian Custom Baits, foi a pedida certa para os pequenos e valentes robalos do canal. Uma chamadinha, e em seguida uma chamadinha com dois toques, e no flutuar da isca de volta a superfície ela já era rapidamente sugada pelos bocudinhos famintos.

isca Will F do Willian Custon Baits. baseado na cultiva mas com flutuabilidade bem mais acentuada e uma barbela com estrutura metálica interna que conferem mais resistência as batidas nos galhos. whats 1199579-3517 (Willian)

Isca Will F do Willian Custon Baits. Baseado na cultiva mas com flutuabilidade bem mais acentuada e uma barbela com estrutura metálica interna que conferem mais resistência as batidas nos galhos. whats 1199579-3517 (Willian)

Logo foram nove ataques e apenas quatro capturas no primeiro ponto.

Snook 5×4 Eu

E só chamar que ele vem!

E só chamar que ele vem!

Esse já não esperou a hora certa de atacar e engoliu a isca durante o trabalho

Esse já não esperou a hora certa de atacar e engoliu a isca durante o trabalho

14639709_1182489101829407_7852101363385773106_n - Copia

Mais um guloso que abocanhou a Will F

Will F inteira dentro do bocão!! Notem a isca de frente dentro da boca do robalo.

Will F inteira dentro do bocão!! Notem a isca de frente dentro da boca do robalo.

14856151_1273917929339816_2301483479454907058_o

De Magic Stick 80, tentando um grande e me vem o menor! Valente demais!

Neste ponto foram nove batida na barriga das iscas,  todas capturas pela garatéia da barriga. Curioso… Pode ser que ele segue a isca por baixo estudando seus movimentos, e quando sente que consegue antecipar ele ataca por baixo o trajeto que a isca vai fazer. Por isso todas as capturas se deram na garatéia da barriga. Só um ponto de vista do ‘achista’ aqui.

Seguindo o passeio fomos a praia que tem um riozinho lateral em que sempre tive ações durante o final de vazante e logo começaram a grudar nos plugs de superfície quando arremessados junto as pedras do paredão. Mas os ataques sempre no meio do rio.

magic stick 70 cinza

red pepper jr

Realmente acredito na ideia de que os robalos se aproximam das pedras e estruturas durante o correr das águas para poderem atacar as presas que se deixam levar pela força da mare.

Realmente acredito na ideia de que os robalos se aproximam das pedras e estruturas durante o correr das águas para poderem atacar as presas que se deixam levar pela força da maré e para poderem economizar energia.

14907621_1273922219339387_3448769385482910145_n

Magic Stick 70 rosa

16939573_1311300982281551_5578612340456925775_n

 

17190895_1311300968948219_6186737672322943678_n

Magic 70 cinza

14732402_1182477258497258_1921627609025976992_n

Patroa acertando com a Will F

Durante o reponto de vazante aproveitamos para almoçar e depois resolvemos visitar a Marina do Engenho no qual se encontra a famosa embarcação do Amyr Klink o Paratii2.

14632927_1275367189194890_5182360931256764976_n

Saindo da Rio-Santos e descendo a encosta rumo a marina logo nos deparamos com uma incrível paisagem que mostrava as nuances de azul do mar de Paraty.

14876656_1275366932528249_7837211216516227792_o

Deck da Marina do Engenho

14695488_1182477135163937_1842566587756819827_n (3)

Selfie com a embarcação do ídolo

13327447_1149943081737302_6704339529374841117_n

Espetacular Paratii 2 de Amyr Klink, Ahh se esse veleiro falasse!

13327587_1149136858484591_6242198013232627282_n

Não entendo nada disso mas reparei na ausência de emendas e encaixes nas placas de alumínio que constroem esse veleiro. Robusto!!!

15319064_1316604011737874_3545481257568546851_n

Acreditem se quiser! Esses são o barco de apoio e o quebra gelo a bordo do Paratii 2. De cara imaginei uma pescaria nas piores condições climáticas, de boa nos polos do planeta!

Ao longo do passeio tentava um ponto ou outro com a isca de superfície e de novo eles apareceram na chamadinha de meia água, agora com a isca Will M, também de Willian Custom Baits.

Logo nas primeiras cabeçadas da isca afundando eles saias de baixo dos cascos e vinham devagar encostando o nariz na isca imóvel sem ataca la.

Engraçado… por diversas vezes presenciei esse comportamento, de robalos xeretando a isca parecendo que encostar o nariz para sentir algum cheiro e refugar em seguida.

14907251_1275367089194900_1149777610109024144_n

Usando agora uma vara mais longa, (Daiwa Aird 16lbs) para arremessos mais longos e com esperança de um peixe maior

14915590_1182477001830617_7376806605798347088_n

Um indivíduo mais arisco que resolveu não cheirar a isca atacou de vez a Will M. Foi somente ele que se atreveu

17103682_1311301005614882_6974590102728540983_n

Will M. Ratlin singular e estridente, flutuação extra fast. by Willian Custon Baits

E assim terminou meu final de semana de robalos na cidade de Paraty. Valeu!

Materiais usados nessa trip foram:

  • Vara Fleming Apache 5´1 14lbs
  • Vara Daiwa Aird  5´3 16lbs
  • Carretilha Shimano curado 71hg
  • Linha Seaguar Smackdown 20lbs
  • Leader de fluorcarbono Nitlon DFC 25 lbs
  • Snap Keep Fishing 30lbs
  • Camisa BRK fps50
  • William Araujo

    Relato incrível, parabéns pelas imagens e sua sensibilidade de percepção para chegar a captura resultando potencial de ações em locais pouco provável.

    Parabéns

    • Batho Naoki

      Valeu Willian!! E parabéns pelo seu trabalho também!! Muito show suas iscas!

  • Celso Filho

    Parabéns Bato. Lugares incríveis…. Show.

    • Batho Naoki

      Valeu Celso!! Vou ver se faço aquela de Ilhabela Q vocês passou. Onrigado

  • Decio Serra Neto

    Parabéns Bato, Belas capturas e um passei muito maneiro… grande abraço